Como Cuidar de Orquídeas

Quem tem orquídeas sabe como são lindas essas flores. E eu afirmo que com bons cuidados você pode torná-las ainda mais belas. Então, leia todo esse artigo, não leva nem 10 minutos do seu tempo. O que você vai aprender aqui, com certeza, vai garantir que você suas orquídeas sejam sempre repletas de flores maravilhosas!

Qualquer dúvida deixe seu comentário e irei responder! Aqui em casa deu certo pelo menos!

Vamos lá!

Orquídeas estão entre as mais linda flores do mundo e isso acaba contribuindo para o aumento de cada vez mais adeptos do plantio e cultivo dessas flores angelicais. Inclusive a venda dessas plantas tem crescido muito, estando cada vez mais presentes até mesmo em supermercados!

É por isso que você está aqui, não é? Pois é, mas não é nada fácil cultivá-las.

Se você ainda não sabe, existem mais de 800 gêneros de orquídeas e quase 300.000 híbridas (nome dado ao cruzamento entre espécies diferentes). Nossa, são muitas variedades, não é mesmo?

Como existem muitas espécies diferentes, cada uma merece cuidados especiais para serem cultivadas de maneira correta.

Sabendo disso, e por ser amante de orquídeas, eu comprei há um tempo atrás um e-book completo, que ensina como escolher a espécie de planta adequada para cada situação, que pode influenciar no cultivo da flor. Situações essas que vão desde o tamanho da sua casa, até o clima da região onde você mora.

O ebook é o famoso Manual Passo a Passo Como Cuidar de Orquídeas. As donas de casas e amantes de orquídeas, assim como eu, estão adorando o e-book, mais abaixo eu vou deixar o depoimentos de algumas delas para você.

E mais!  Consegui um desconto com o autor deste e-book. Se você pode clicar no botão aqui abaixo ou no link que vou deixar no final desse artigo você vai ser direcionada à página dele já com o desconto!

como-cuidar-de-orquideas

Mas, vamos lá. Continuemos.

Vou escrever sobre algumas  algumas dicas que aprendi com esse e-book. Então, se você quiser lindas orquídeas, não saía daí e continue lendo!

 

Dicas que aprendi com o e-Book “Como Cuidar de Orquídeas”.

Assim como eu, agora você vai aprender como cuidar de orquídeas da maneira correta e obter as melhores flores!

Para isso, peço que continue comigo.

Escolha a orquídea certa para a sua casa

Como disse, o primeiro passo é escolher o planta certa para a sua casa. Sim: isso é muito importante!

Há algumas espécies de orquídeas, conhecidas como epífitas, que devem ser plantadas em troncos de árvores, já outros tipos de orquídeas que atingem tamanhos incríveis, além de outros fatores muito importantes, como a temperatura do ambiente, por exemplo.

Veja o vídeo abaixo, ele aborda justamente isso:

Viu só? Esses e muitos outros aspectos restam por impossibilitar o plantio de algumas espécies  de orquídeas dentro dessas circunstâncias, e por isso, tornam-se inviáveis de se cultivarem dentro de casa!

No entanto, existem várias de outras espécies que podem e devem ser cultivadas dentro de casa e apartamentos ou em outros espaços particulares, por se adaptarem à estes ambientes

Então, esse é o primeiro ponto que deve ser levado em conta.

Prefira comprar orquídeas já com flores

Quando for  escolher a sua orquídea para comprar, escolha preferencialmente aquelas que já tem flor ou que estejam quase florescendo

O motivo é bastante simples: algumas espécies levam até cinco anos para florescer, e você certamente não quer esperar tanto! Nossa! Já outras florescem uma vez por ano. Então, você precisa de espécies que se mantenham com lindas flores por um bom período de tempo, afinal o melhor das orquídeas são suas lindas floradas.

Diante disso, peço que preste atenção também neste aspecto. Continuando:

Regue suas orquídeas de forma correta

Você sabia que a tarefa de regar orquídeas é um dos pontos que mais contribuem para o fracasso no cultivo dessa flor?

É preciso saber que falta de água é menos prejudicial do que excesso de água no cultivo de orquídeas, então controle-se ok?

Para se saber quando deve regá-las é fácil. Basta utilizar seu próprio dedo para conferir a umidade, no vaso ou na casca de árvore (se for o caso), só que você precisa verificar além superfície, cavando um pouco e ver se há umidade mais a fundo.

Caso não sinta umidade, regue. Do contrário, aguarde mais um ou dois dias!

 

 

Faça a poda de maneira cautelosa!

É importante que você faça a poda da sua orquídea. No entanto, é preciso fazer com os equipamentos certos, na época certa e de maneira correta!

O problema é que a época de poda varia de espécie para espécie, sendo que muitas delas seguem um mesmo círculo, nos quais é mais aconselhável a realização desse procedimento.

Viram só? Todas essas dicas, podem contribuir para um bom manejo no cultivo das suas orquídeas.

E tudo isso eu aprendi lendo o e-book de Como Cuidar de Orquídeas. Tem muitas outras dicas lá, vale a pena conferir.

Se você quiser saber um pouco mais sobre como cultivar uma orquídea, continue comigo.

 

Conteúdo do Manual de Como Cuidar de Orquídeas

 

Bom, se você estiver realmente querendo saber como cuidar de orquídeas da maneira certa, você  realmente precisa conferir esse e-book.

Nele você vai ter muitas dicas e encontrrar tudo e mais um pouco sobre o cultivo dessas lindas flores. Eu aprovei e ele está me ajudando muito. Minhas flores estão lindas!

Como Cuidar de OrquídeasVeja um pouco do conteúdo:

  • Como evitar e acabar com doenças;
  • Como identificar o melhor tipo de orquídea para você;
  • Como fazer o envasamento e montagem correta;
  • Como as orquídeas se comportam durante as 4 estações;
  • Calendário de floração anual;
  • 2 Bônus exclusivos;
  • E muito mais;

Como disse, tem muito mais coisas no livro, mas não dá pra falar tudo aqui, vai tomar metade do texto!

Você pode clicar aqui e ir direto para a página oficial do produto, lá você vai ver o conteúdo presente no livro, para ver tudo é só rolar a página.

como-cuidar-de-orquideas

E conforme eu disse antes, agora vou mostrar alguns comentários de cultivadores que tiveram sucesso!

Essas são pessoas que conseguiram plantar e cultivar orquídeas com sucesso graças ao e-Book Como Cuidar de Orquídeas.

Como comprar

Quer saber como adquirir o e-Book?

Agradeço por chegar até aqui, ler esse tanto de texto não é fácil. Você realmente quer cuidar bem de suas orquídeas.

Isso mostra que você realmente quer ter sucesso no cultivo de orquídeas, certo?

Isso é muito bom.

Para adquirir o manual e muito fácil, basta clicar aqui ou no final desse texto no botão amarelo e você irá para a página oficial do autor.

Depois é só clicar em “Quero Garantir o Acesso” e você irá para a página de desconto que te falei. Em seguida você pode preencher todos os seus dados corretamente e pronto.

Garantia

Nossa, você não vai acreditar! Além de tudo isso ainda tem uma garantia incondicional de 7 dias, ou seja, se você não gostar o manual, ou achar que ele não é pra você, basta enviar um e-mail pedindo o seu reembolso. Fácil né?.

Minhas orquídeas perfeitas!

Antes, eu tinha muita dificuldade em plantar orquídeas. Sempre que plantava morriam, o máximo que consegui foi manter uma por pouco mais de 2 meses, e ficava comprando novas orquídeas sempre!

Mas depois que eu comprei o manual de Como Cuidar de Orquídeas, as minhas orquídeas estão perfeitas! Espero que você consiga também, é simples!

Se quiser realmente cultivar suas orquídeas pode clicar abaixo e você irá para a página do manual com o desconto que consegui apenas para os leitores do meu site.

como-cuidar-de-orquideas

Qualquer dúvida, deixe um comentário.

Como Acabar com a Dor de Cabeça na Menopausa

Como acabar com a dor de cabeça na menopausa?

dor-de-cabeca-na-menopausaA dor de cabeça pode ser provocada por uma série de fatores, porém, na menopausa, ela é ainda mais frequente e, às vezes, intensa.

Descubra abaixo, em algumas medidas simples, como diminuir as crises de enxaqueca e acabar com as sofridas dores de cabeça, tão constantes durante esse período.

Melhore a sua alimentação

A alimentação é um dos maiores gatilhos para a enxaqueca na menopausa. Evite pular refeições ou ficar muitas horas sem comer e, mesmo se não estiver com fome, coma ao menos um pequeno lanche leve.

Da mesma maneira, evite alimentos ricos em gorduras saturadas, laticínios durante crises e alimentos ricos em conservantes, pois podem provocar intoxicação, mau funcionamento do organismo, má nutrição e, consequentemente, crises de dores de cabeça.

Tome chás, como os de folha de amora regularmente pois, além de ajudar no controle hormonal, ele também é rico em vitaminas, minerais e é um forte antioxidante.

Procure o seu médico

A enxaqueca pode se manifestar por diversos motivos e, para cada um deles, há um tratamento específico.

O período da menopausa, muitas vezes, pode se constituir apenas como uma situação de maior propensão a desenvolver essa doença. Por isso, investigue com seu endocrinologista ou ginecologista as causas de sua dor de cabeça;

Se for o caso de fazer uma reposição hormonal, ele irá indicar o melhor tratamento, porém, pode ser também o caso de administrar algum medicamento específico ou mesmo o de mudança de hábitos que estejam prejudicando o corpo.

Mude seu estilo de vida

Um dos maiores vilões da cabeça saudável é o estresse. Se você vive um estilo de vida cheio de compromissos, com horários apertados, vive sob pressão ou exposta a constantes situações estressantes, esse pode ser um dos principais causadores da enxaqueca na menopausa.

Busque organizar os horários, a rotina e os ambientes de forma menos estressante; Pratique algum exercício físico e, se possível, faça uma meditação ou desenvolva alguma atividade terapêutica que possa ajudar a aliviar a tensão e proporcionar momentos de prazer.

Exponha-se menos a telas e monitores

O intenso brilho das telas, quando exposto em um tempo prolongado, aumenta a tensão ocular e também cerebral, levando à sensação de fadiga mental e nos olhos após um tempo.

Esses efeitos são ainda maiores durante a menopausa. Se você trabalha em frente a monitores, procure usar óculos protetor, de leitura. À noite, evite ficar muito tempo na TV, computador, smartphone, tablets ou outras telas, especialmente próximo ao horário de dormir. Muitas vezes, essa pode ser uma das causas de já acordarmos com enxaqueca.

Reposição Hormonal Natural – Amora para Menopausa

A reposição hormonal natural com o uso da amora aumenta muito a qualidade de vida de pacientes que se utilizam de seus benefícios, estudos comprovam a eficácia da utilização da amora no tratamento dos sintomas da menopausa. Pacientes indicam os tratamentos com a tintura de amora para alívio de sintomas de perda de memória, insônia, dores no corpo e outros.

reposicao-hormonal-natural

O tratamento com amora pode ser chamado de reposição hormonal natural?

Sim! O tratamento com a amora é chamado de reposição hormonal natural por conter fito-estrogênios, substância encontrada em frutas e em grãos como a soja. Elaboramos um artigo completo sobre reposição hormonal natural e seus benefícios para a saúde feminina. Clique aqui e saiba mais

Cápsulas x Chá de Folha de Amora

Cápsulas de amora são melhores que o chá?

As cápsulas de folha de amora são famosas por ajudar a combater os terríveis sintomas da menopausa (principalmente os episódios de calor intenso, típicos desse período, perda de sono e a irritação causada pelos desequilíbrios hormonais). Diante disso, a amora vem ganhando espaço como medicamento fitoterápico preferido das mulheres.

capsulas-de-folha-de-amora

Encontrado em diversas formas de apresentação (as preferidas são o chá e as cápsulas), a amora tem se mostrado eficaz também no tratamento de outras enfermidades, como infecções urinárias, no controle das taxas de glicose, colesterol e nos casos de hipertensão arterial.

Mas é justamente pela diversidade de apresentações que surgem as dúvidas. Afinal, o que é mais eficaz: o consumo das cápsulas de folha de amora ou do chá de amora? Para ajudar a responder a esta pergunta, preparamos um comparativo com as duas apresentações do produto e sua utilização correta.